RSS

Deus Nunca Falha

18 mar

Js 21 – 22

Js 21: 45 – “Nenhuma promessa falhou de todas as boas palavras que o Senhor falara à casa de Israel; tudo se cumpriu.”

Como é bom confiar em Deus. Ele não é homem para mentir. Toda sua palavra se cumpre. Assim como se cumpriu para os filhos de Israel, se cumprirá para a igreja. Jesus vai voltar! Isso é certo e esta perto de acontecer! Nossos corpos serão glorificados e habitaremos com Ele para sempre!

Enquanto esperamos temos que viver vigiando em todo o tempo. No capítulo 22, Josué abençoa os rubenitas, os gaditas e a meia tribo de manasses para irem além do Jordão e ao passarem eles levantam um altar ao lado do rio. Quando essa notícia chega ao povo de Israel, eles se preparam para a peleja, mas as duas tribos e meia que estavam além do Jordão explicam que aquilo não era para oferecer sacrifícios fora do altar do Senhor, mas para que fosse testemunho da aliança entre eles para as gerações vindouras. Sendo assim houve paz. Mas que o zelo dos filhos de Israel em preservar o ensino de Deus sirva de exemplo para nós.

About these ads
 
8 Comentários

Publicado por em 18 de março de 2010 em Discipulando

 

8 Respostas para “Deus Nunca Falha

  1. Cris.rio

    18 de março de 2010 at 8:45

    “não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para conosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” 2 Pe 3:9
    “guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel” Hb 10:23

     
  2. Rubia Soares

    18 de março de 2010 at 9:21

    Temos a responsabilidade de transmitir com zelo às gerações futuras todo o conselho de Deus. Além do ensino, precisam ver em nossas vidas exemplo. Que tremenda responsabilidade!
    1 Tm 4:16 “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.”

     
  3. Osias Matos

    18 de março de 2010 at 9:24

    Não podemos esquecer das demandas ligadas as promessas. É fácil guardar uma caixinha de promessas e ficar lendo os melhores e mais abençoados versículos deixando de lado o contexto, colocamos um adesivo no carro dizendo: o sangue de Jesus nos purifica de todo pecado, enquanto que o texto diz:
    “mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.”
    1 João 1:7
    Valorizamos o: vinde a mim vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vós aliviarei e esquecemos o tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração.
    Precisamos praticar a Palavra como um todo e não ficar usando textos fora do contexto para arrumar pretexto.
    Precisamos aplicar o evangelho do reino em toda a sua plenitude e em todas as áreas de nossas vidas. Ou Ele é Senhor de tudo ou não é Senhor de nada. 100% entregue, 100% rendido. Tomando posse de toda promessa entendendo e vivendo toda demanda. Jesus é Perfeito.

     
  4. Evandro

    18 de março de 2010 at 11:21

    Na distribuição das terras, as tribos de Rubem, Gade e Manassés ocupam as terras até as margens do Jordão, enquanto as demais tribos atravessam-no e ocupam as terras daquele lado. A simples presença de um rio dividindo umas tribos de outras já foi o suficiente para afastar os irmãos e gerar dúvidas quanto ao porquê da construção de um altar que se construiu do lado de cá do Rio.

    Foi preciso assim que o sacerdote atravessasse o rio e fosse ter com os líderes das tribos que habitavam ali. Graças a essa intervenção sacerdotal, evitou-se um possível conflito entre irmãos.

    Destaco aqui o cuidado que devemos ter em pré julgar situações em nosso meio. Que uma simples distância geográfica não nos coloque em situações dessa natureza. O altar era prá servir de testemunho, de zelo, de cuidado com os filhos para que o ensino e obediência a Deus não se perdesse.

     
  5. Daniel Adornes

    18 de março de 2010 at 12:21

    Preciosa essa característica de Deus como um Deus de promessas, que é Fiel, nunca mentiu, nunca mentirá, nunca falhará!
    Precioso tb o que Osias escreveu sobre as demandas que envolvem as promessas! Muitas promessas na Palavra são precedidas de “Ao homem que TEME AO SENHOR,…” e então vem a promessa.

    Outra coisa interessante, que li, se não me engano, num livro de John Bevere, é que o nosso Deus fez alianças com o povo de Israel (patriarcas e sua descendência) e nunca as revogou. Este povo crucificou o Senhor, quebrou alianças, pecou, revoltou-se, mas Deus permanece fiel e há muitos judeus que ainda anseiam por encontrá-lo, as vezes se esforçando muito mais diligentemente que nós cristãos. Mas o propósito de Deus para o fim consiste de buscar um povo separado para Ele, um povo de cristãos (discípulos de Jesus), judeus e gentios (nós), todos como Uma Igreja. Em outras Palavras, Deus ainda planeja uma grande restauração do seu povo original (Israel), levando milhares (talvez milhões) a conhecerem o verdadeiro Messias e posteriormente vindo então buscar estes e nós (incluídos na adoção de filhos por meio de Jesus, não como ramos originais, mas enxertados na videira). Deus ama muito este povo, por isso Jesus nos pediu para sempre intercedermos por Jerusalém, e o novo testamento repete diversas vezes para humildemente nos considerarmos privilegiados por termos sido incluídos nessa Salvação (nós que não éramos povo, mas Ele nos fez povo escolhido).

    Amém! Glória a Deus!!

    Abraços!

     
  6. Ana Soares

    18 de março de 2010 at 16:02

    “E ficaram elas atemorizadas e abaixando o rosto para o chão, eles lhes disseram: Por que buscais entre os mortos aquele que vive?” Lucas 24:5
    A palavra do Senhor é fiel, devemos tomá-la como fato. Assim a vinda do nosso Senhor Jesus é um fato, aleluia. Vigiemos pois e estejamos atentos para discernirmos o tempo pois tudo o que precisamos etá na Sua palavra.
    “Ficai vós, pois, de sobreaviso; eis que de antemão vos tenho dito tudo.” Marcos 13:23

     
  7. Priii

    18 de março de 2010 at 17:09

    “Por isso, querendo Deus mostrar mais abundantemente a imutabilidade do seu conselho aos herdeiros da promessa, se interpôs com juramento;
    Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta;
    A qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu,
    Onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.”
    Hb 6:17-20
    O conselho de Deus é imutável!

     
  8. Carol

    21 de março de 2010 at 22:33

    Jesus ta voltando!
    mas enquanto Ele não volta vamos perseverar firmes com os olhos no alvo.
    “Nós, porém, não somos daqueles que se retiram para a perdição, mas daqueles que creem para a conservação da alma.”
    Hb 10.39

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.055 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: